Quais as verdadeiras funções do coordenador pedagógico na escola?

Quais as verdadeiras funções do coordenador pedagógico na escola?

Já pensou como uma escola pode se tornar única e singular? Existem diversos fatores que contribuem para isso, um deles é o trabalho exercido pelo coordenador pedagógico.

O Coordenador Pedagógico é uma das peças fundamentais para que a escola alcance sua singularidade. Suas funções vão desde o apoio aos professores até a comunicação com as famílias.

Bom, cada instituição de ensino possui uma formação única. Isso envolve um projeto político pedagógico e diretrizes que norteiam os valores que ela visa conservar.

As particularidades de cada escola se baseiam nas pessoas envolvidas no ambiente escolar. Tais como os gestores, professores, auxiliares de apoio e, também, os alunos e pais.

Por isso, se considerarmos os diferentes tipos de relações, entendemos a importância do cuidado e da boa condução dos relacionamentos internos e externos da instituição.

Como esse é um dos principais papéis do coordenador pedagógico, neste artigo vamos te mostrar mais de suas funções e a sua importância.

Vamos lá? Boa leitura!!

O Coordenador Pedagógico e as suas atribuições

O Coordenador Pedagógico tem uma função de destaque no ambiente escolar. De forma geral suas funções são de articulação, formação e transformação. Desse modo, o coordenador pedagógico é:

  • O principal mediador e suporte dos professores:

Ele é o principal mediador entre o currículo e os professores. Bem como entre os pais e o corpo docente.

Com a responsabilidade de mediar, ele se torna capaz de revelar os significados das propostas curriculares e articulá-las junto aos professores. Assim os trabalhos são viabilizados de acordo com as diretrizes pedagógicas e socioculturais da escola.

  • Aquele que cria boas relações:

Outra grande atribuição desse profissional é a de gerar uma boa comunicação.

Se pensarmos que ele é o principal elo entre escola e pais, saber criar uma comunicação incrível é um fator chave para a boa gestão. Por isso, o coordenador precisa desenvolver sempre a sua capacidade de comunicação.

Mas como fortalecer a parceria entre pais e a escola? Como auxiliar os professores a melhorar o aprendizado dos alunos?

É um desafio e tanto, e dada a importância dessas atribuições, listamos algumas dicas interessantes. Veja:

Como desenvolver a capacidade de comunicação?

Se uma das principais funções do coordenador é a comunicação, usar as ferramentas adequadas pode facilitar e muito a troca de informações.

Por exemplo, para a comunicação interna, ferramentas como o Slack ou Skype podem ser ótimas aliadas.

No entanto, no aplicativo da Escola em Movimento, você pode se comunicar tanto com os colaboradores quanto com os pais. Ou seja, toda a comunicação da escola pode ser feita em um só lugar.

Outra vantagem do uso do app é que a coordenação pode ter o controle maior de tudo que é comunicado e que está sendo feito no ambiente digital da escola.

Exemplo disso é que em alguns casos, as escolas não desejam que os professores falem diretamente com os pais. Sendo assim, as mensagens enviadas no app pelos professores podem passar pela aprovação do coordenador.

Mais um grande benefício para facilitar a rotina de trabalho, é a possibilidade de criar um canal de atendimento. Com o “Fale com a Coordenação”, os pais podem enviar dúvidas, sugestões, críticas e elogios.

Dessa forma, há mais possibilidades para os diálogos que envolvem a escola, o que é essencial para encontrar pontos de melhorias.

No entanto, sabemos que a comunicação mais importante é feita pessoalmente, tanto com os pais quanto com os professores.

Por isso, é necessário o espírito de liderança. Assim, é possível articular os interesses, ponderar conflitos e buscar as melhores soluções em grupo.

Porém, antes de tudo, é bom ter o ouvido atento e procurar entrar na perspectiva de quem nos fala. Pois assim, é possível diagnosticar com precisão cada situação do contexto escolar.

E é a capacidade de compreensão que ajuda e muito os trabalhos na escola!


Coordenador pedagógico: o que fazer e o que não fazer

O Coordenador Pedagógico deve oferecer aos professores condições para que trabalhem, de maneira coletiva, as propostas curriculares.

Além de possibilitar a interdisciplinaridade e a adaptação de qualquer conteúdo à grade curricular. E para isso, ele precisa considerar a conciliação e os melhores resultados para os alunos.

Se analisarmos, a comunicação se torna fundamental nesse processo, tanto com os professores, quanto com alunos e pais.

Portanto, como um formador, esse profissional deve, mais uma vez, oferecer condições que viabilizam os trabalhos dos professores. E claro, considerar também, os demais envolvidos no ambiente escolar.

Dá pra perceber a importância da comunicação entre pais e escola, certo?

É por isso que, ter uma ferramenta de comunicação escolar, pode ajudar o coordenador a realizar melhor seu trabalho. Por exemplo, ele pode otimizar o tempo, acompanhar a interação entre pais e professores e muito mais.

O aspecto transformador de sua atividade profissional deve ser cumprido. Ele deve sempre proporcionar questionamentos, uma postura crítica e reflexiva de seu corpo docente e escolar como um todo.

Assim, o Coordenador Pedagógico se torna responsável por recriar constantemente o ambiente escolar, sempre com o auxílio das personas — pais, alunos, professores.

Mas o que o coordenador pedagógico não deve fazer? 

Um coordenador não pode, de jeito nenhum, ter dificuldades para se relacionar.

Sim, ele precisa saber lidar com as pessoas, gerir bem suas emoções, raciocinar e se expressar de forma clara, para que consiga influenciar positivamente o ambiente.

Como gerar mais benefícios para o ensino?

Um cargo tão amplo como o de um Coordenador Pedagógico proporciona, além de variadas e importantes funções, ele possui uma diversidade de benefícios ao ambiente escolar.

Manter-se sempre atualizado e antenado às demandas dos alunos é uma necessidade. As sugestões de professores e desejos dos pais são também muito bem-vindas.

Por isso, esse profissional precisa articular todos os saberes e anseios. Além de potencializar projetos e agregar novidades, sendo capaz de transformar a escola em um ambiente harmônico e completo de produção e transformação.

O que motiva os melhores coordenadores é que o resultado do trabalho transforma vidas!

Afinal, alunos deixam de ser indisciplinados para se tornarem engajados e sedentos por aprendizado. Ou seja, uma recompensa e tanto!

Estas pessoas que fazem a diferença na educação nunca são esquecidas e seu valor é gigante para o futuro da sociedade.

E é essa vontade de fazer a diferença que motiva os melhores educadores no mundo inteiro.

Convenhamos que, o peso da responsabilidade é altamente recompensador. E a sensação de gratidão é boa demais, não é?

Outro fator que gera valor ao trabalho é entender como lidar com as dificuldades de aprendizagem. Cada aluno aprende de um jeito e cada um tem suas diferentes dificuldades.

Sendo assim, cada um terá um método de ensino, uma linguagem e abordagem diferente dos outros.

Leia este artigo e saiba mais sobre como lidar com essas diferença.


Ter um olhar apurado e a visão de líder faz toda a diferença!

Claro que o papel do coordenador não é o de líder da escola. Mas ter o espírito de liderança pode ajudar a desempenhar melhor seu trabalho.

Isso porque um profissional antenado vai conseguir enxergar oportunidades de melhoria. Melhor que isso, consegue se relacionar com as pessoas de forma a ajudá-las a atingir seus objetivos.

Com o espírito de liderança, o coordenador deixa os professores mais confortáveis para realizarem bem o trabalho.

Esse profissional carrega um grande desafio e deve se aliar a todos os personagens da escola para que cumpra suas funções com zelo.

Conhecer e se relacionar bem com os pais e responsáveis

O contato do coordenador com os pais é pequeno e superficial. Isso porque, quem passa mais tempo na escola são os alunos.

Porém, uma estratégia para conhecer melhor os pais e estreitar o relacionamento com a escola é a realização de pesquisas. Com elas, você pode entender o que os pais gostam ou não e entende melhor suas preferências e interesses.

As pesquisas podem ser criadas e enviadas aos pais de forma simples e fácil através da Agenda Digital.

Leia este artigo e saiba como usar a Agenda Digital para fortalecer a parceria entre a sua escola e os pais.

Para conhecer bem os pais, a Survey Monkeys, em parceria com a Faculdade de Educação de Harvard, desenvolveu  questionários para ajudar as escolas no envolvimento com os pais. Você pode acessá-los para entender como melhorar o envolvimento dos pais com a escola!

Conhecer e se relacionar bem com os colaboradores

Como sabemos, os colaboradores são fundamentais para o bom desempenho da escola. Por isso, conhecê-los bem é imprescindível!

Tendo uma equipe motivada, os processos tendem a fluir melhor. Por isso, se eles estão se sentindo bem e confortáveis, onde podem desenvolver e aplicar seu potencial, os resultados serão extremamente positivos.

Porém, se há insatisfação, em algum momento isso irá refletir nas atitudes com os alunos ou pais, nos trabalhos desempenhados e até na relação entre os próprios colaboradores.

Ou seja, tente se aproximar da equipe e ter um bom relacionamento com eles. E lembre-se sempre de valorizá-los!

Conclusão

Viu a importância do coordenador pedagógico para a sua escola? Suas funções são cruciais para o bom desempenho do ambiente escolar.

O papel desse profissional em identificar o perfil dos pais torna o trabalho da escola ser mais assertivo. Com isso, é possível identificar as falhas e entender o que pode ser melhorado.

E aí, gostou das dicas? Compartilhe conosco sua opinião nos comentários!

PéssimoRuimRegularBomExcelente (16 voto(s), média: 4,50 de 5)
Loading...
Author: Escola em Movimento